Páginas

sábado, 27 de junho de 2015

Animais e pessoas estúpidas



Certamente já viram ou ouviram falar do vídeo que anda para aí a circular. Não vou ser eu a encaminhar-vos para ele. Longe disso. E vou tentar fazer uma descrição muito breve para depois poder desenvolver as minhas ideias. Há uma aldeia no concelho de Vila Flor cuja tradição se chama Queima do Gato. Claro que não é literal, pensam vocês. É um ritual simbólico. Pensamos todos. Pois bem. Aliás, mal. Não é. A tradição passa por prender um gato no cimo de um poste/árvore e...queimá-lo. Não se enganem. Vivo. Não vi o vídeo. Só vi uma imagem que é, para mim, uma amostra já significativa da brutalidade que ali praticam. Eu podia perguntar: o que é que se passa na cabeça das pessoas? Mas não vou. Porque não quero saber. Porque não é de agora. Porque tenho medo que nada vá mudar. Nem sei o que dizer. Ou então, sei demasiado bem. Custa-me imenso. Imaginem o vosso animal num cenário macabro destes. Levado a cabo por seres humanos. Humanos? Desde quando maltratar um animal só para obter prazer e folia é humano? Não são só os touros que sofrem porque sim. Estas atitudes só me fazem, cada vez mais, odiar a nossa raça. Esta raça tão racional e desenvolvida. Que nasce já plena de inteligência e capacidades. Que merda de raça é esta? Matem animais. Comam-nos. Não sou fundamentalista ao ponto de dizer que não como carne. Mas não os matem porque ficam excitados. Não os torturem para depois irem dormir descansados. Não os queimem vivos! Não façam disso uma festa. Não façam disso a maior diversão do mundo, seus cabrões. Cobardes. Bichos. Bichos da mais baixa base hierárquica. Morrei. Morrei vós, ó pessoas! Tomai-lhes o sofrimento na pele, na carne. Morrei e morrei já porque nem quero ouvir falar nos vossos nomes. A população da aldeia já veio dizer que usam o mesmo gato todos os anos. Que o gato não morreu. Que "está bem bonito". Que é só queimar o pêlo portanto não faz mal. Comentem vocês. Sinto demasiado nojo para isso. A GNR já abriu um inquérito judicial. Vamos lá ver se a lei que saiu há pouco tempo está "mortinha" para ser aplicada. Espero que sim. Que sejam condenados. Mas, às vezes, tal é a horta como as couves. Por mim, a "tradição" passava por ensaio de porrada aos intervenientes. Mas isso sou eu. Que não alimento compaixão por pessoas estúpidas e bárbaras.

Depois, há cães assassinados em massa. Há galos torturados. Há as touradas. Há namorados que espancam a gata da namorada. Há namoradas que fazem ultimatos aos namorados: o cão ou eu. Jogos de prazer humano. Não vos chega sodomizarem-se uns aos outros? Relativamente aos animais de estimação: se não gostam deles, não os tenham. Se não têm condições, não os tenham. Se não têm um pingo de amor e consciência, não os tenham. Se não têm tempo, não os tenham. Não me choca nada que não gostem de animais. Mas mantenham-se nesse limite. Não o ultrapassem. Não criem vinganças.

Agora vou trocar o ódio pelo amor. Quem quiser ter um cão ou um gato (ou qualquer animal), não se esqueçam que é um ser que vai precisar todos os dias de atenção, carinho, dedicação e comida. Eu adorava poder cuidar de todos os animais que me aparecem à frente. Mas acho que se todos (todos = os responsáveis e amorosos) cuidarmos, pelo menos, de um animal, já estamos a contribuir para um causa maior. Não queiram este ou aquele cão porque é de raça ou porque é bonito ou porque o catano. Há tantos (tantos, tantos) animais para adoptar. Porquê escolher um animal se jamais escolheriam um filho? Pode ser uma opinião um pouco extrema mas qualquer Bobi ou Tareco merece aquilo que temos para dar. Eu só tenho condições para ter uma gata. Acolhi-a. É a gata mais chata do mundo mas eu adoro-a. Entrou na minha vida no momento certo. É ela que me anima quando estamos sozinhas. É por ela que percorro todos os hipermercados à procura de promoções para que possa comer a melhor comida. Pode parecer ridículo mas é uma realidade. Não é só uma gata. É minha companheira. Estou aqui a escrever e ela está deitada aos meus pés. Descansada. Como se nada lhe pudesse acontecer. Sinto que sente a minha protecção. E sinto que gosta de mim, nem que seja da maneira mais irracional de sempre. Protejam os vossos animais. Não deixem que sejam protagonistas do "atirei o pau ao gato". Ou o lume ao gato. Amem-nos, incondicionalmente. 

19 comentários:

  1. Nem mais!

    Ainda hoje ouvi falar nisso. Tenho uma cadela e fico chorosa ao imaginá-la naquele cenário. Fico doente ao saber que existe pessoas assim, com areia na cabeça e tradições absurdas.

    Não tenho qualquer interesse em ver o vídeo, até porque, tal como a minha avó dizia, gosto mais de animais que gosto de pessoas.

    ResponderEliminar
  2. Mesmo. É uma estupidez segmentar produtos de higiene. O mais incrível é que os produtos de "homem" conseguem ser mais caros que os das mulheres. É normal? -.-
    Também já utilizei o gel da Honey e fiquei muito satisfeito :D

    Nívea é sempre nívea, não é?! A eterna e milagrosa :D

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  3. Quem faz mal a um animal, faz mal a um Humano. É incrível como as pessoas não têm o discernimento e dedos de testa suficientes para distinguirem tortura de tradição!

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  4. Eu vi o vídeo porque sou daquelas pessoas que só vendo é que acredita e é de facto horrível. Fartei-me de chorar porque é realmente bárbaro e comecei logo imaginar o que faria se fosse uma das minhas gatas... Sabes, era de quem lhes fizesse o mesmo a ver se gostavam e se achavam que depois daquilo ficavam bem.

    Gostava muito de ter um gatinho a viver comigo porque eles dão-nos um tipo amor que não encontramos em mais lado nenhum e que é delicioso, mas sei que enquanto estiver aqui provavelmente nunca terei porque lá está... depois quero ir a Portugal ou a outro sítio qualquer e não tenho com quem deixar o bichano e sinceramente não conheço ninguém aqui em quem confiasse o meu gato. Por isso, contento-me com os que tenho em casa dos meus pais e mato as saudades todas enquanto lá estou.

    ResponderEliminar
  5. Partilho da tua revolta. Quando vi o vídeo nem queria acreditar que era cá em Portugal. Uma pessoa já espera tudo de certos países menos desenvolvidos, mas aqui? O que me encheu de raiva foi mesmo as pessoas a rir aplaudir enquanto o gato chorava que nem uma sirene.

    Sempre disse que se um dia fosse rico gostava de ter uma quinta enorme para poder salvar vários animais. Para mim os meus cães são como filhos. Gosto mais de animais do que pessoas, e são casos destes que me deixam cada vez mais seguro disso.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  6. Já ouvi falar, mas não tive sequer coragem para ver uma atrocidade dessas.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Such a lovely post :))
    xoxo Antonella
    beautylove7694.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Great post:)

    http://denimakeup95.blogspot.it/

    ResponderEliminar
  9. Quando ví o vídeo fiquei horrorizada,realmente para quem tem grandes sentimentos por animais se comove demais, eu sou uma dessas...
    acabei de te seguir,se poder retribuir agradeço muito!
    http://a-penaspalavras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. Own, que textinho fofo >3< rsrs, sim eu achei..
    Infelizmente o mundo está assim...

    http://its-sucker.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Concordo com tudo!
    Eu tenho um amor tão grande por animais e principalmente por gatos que nem consigo imaginar uma coisa dessas... Se eu por acaso tivesse a passar por Vila Flor e presencia-se essa atrocidade, NEM SEI! Fazia um escabeche, chamava o 112 e aposto que ainda destruía umas chapadonas por esses anormais que sentem prazer em ver estas coisas!!!

    ResponderEliminar
  12. Também não entendo e nem suporto essas maldades com os animais. Não entendo como uma pessoa pode sentir prazer em maltratar alguém, Isa. Ainda bem que nem vi esse vídeo que mencionou..

    beijo
    www.belatriz.info

    ResponderEliminar
  13. nao sei se tem haver ~to meia dopada de sono~ mas teve aquela campanha para boicotar o festival de carne de gato e cachorro da china ~eu acho~ mas tipo... acho um pouco de hipocrisia querer defender os animais e todo dia a pessoa comer bife '-' mal sabem elas o quanto um boi sofre no matadouro. O quanto uma vaca sofre pra dar um leite e etc...enfim concordo que temos que dar amor e carinho para os bichinhos mas sei la... eu nao sei o que sou por que eu tambem sou hipocrita. como carne e derivados de leite e ovo :c

    † Inocentemente Ingênua †

    ResponderEliminar
  14. Faço das tuas palavras minhas... Custou-me tanto acreditar que isto aconteceu, como é que as pessoas conseguem ser tão estúpidas? Não cabe na cabeça de ninguém minimamente racional. Agora só espero mesmo ver justiça a acontecer.
    beijinhos
    thefancycats.blogspot.com | FLASH TATTOOS GIVEAWAY

    ResponderEliminar
  15. Muito obrigada pela visita volta sempre adorei
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia

    ResponderEliminar
  16. concordo a 100% com tudo aquilo que escreveste!

    ResponderEliminar
  17. Não percebo porque fazem isto aos animais é a maior cobardia do ser humano e depois dão explicações completamente estúpidas essas pessoas mereciam algo parecido para sentirem o que os animais sentem nesse momento, os animais também têm sentimentos e muitas vezes são alegria dos donos quando chegam a casa ficam super contentes, já quando não se fala do abandono dos mesmo este tipo de coisas deixa me plenamente irritada.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Sempre tratei os meus animais como filhos. Neste momento, o meu gato (o meu Eddy) é basicamente um filho. Faço tudo com ele, não me larga para nada... Até de férias sempre levei os meus animais <3

    ResponderEliminar